Festa da soja em Júlio de Castilhos

Blog Single

As perspectivas gaúchas no mercado mundial da soja e a projeção da próxima safra farão parte de um evento direcionado a plantadores do grão que ocorre hoje, em Júlio de Castilhos, segundo maior produtor desse tipo de cultura no Rio Grande do Sul.

A partir das 9h, começa a programação da 8ª Abertura Oficial do Plantio de Soja no Estado, evento que mistura palestras, troca de informações e prospecção de negócios e festa.

Atrás apenas de Tupanciretã, no ranking de produção de soja, Júlio de Castilhos projeta no grão a expectativa de uma economia melhor no município.

A projeção é de que serão plantadas 90 mil hectares de soja na próxima safra, cujo plantio começa, simbolicamente, na manhã de hoje, no evento do Parque Municipal de Exposições Miguel Waihrich Filho, do Sindicato Rural.

- O produtor, na verdade, sempre tem uma expectativa positiva, mas trabalhamos com uma empresa a céu aberto, estamos sujeitos a intempéries. Se vou comprar adubo hoje, sei o preço que está, mas quando vou vender é o mercado que coloca o preço, mas para colher tem que plantar - pondera o presidente do Sindicato Rural de Júlio de Castilhos, Rodrigo de Siqueira Martins.

Martins projeta que, na próxima safra, a produtividade local da soja fique entre 50 e 52 toneladas por hectare, o que dá em torno de três toneladas do grão por hectare plantado. Além da renda direta aos produtores, a soja movimenta outros segmentos do agronegócio e do comércio em geral no município.

- Além de sermos o segundo maior plantador do Estado, também temos uma estrutura de armazenamento de grãos que é uma das maiores do Brasil. E além disso, temos uma BR, a 158, e a ferrovia. Júlio de Castilhos está se tornando um polo de empresas de máquinas agrícolas. E a safra movimenta o comércio também - ressalta o presidente Associação Comercial Cultural e Industrial de Júlio de Castilhos (Accijuc), Júlio Cesar Batistella.

A solenidade oficial está marcada para às 11h. Depois haverá um almoço para os convidados e visita aos estandes de cerca de 20 empresas de máquinas e implementos agrícolas, e insumos. O vice-governador José Paulo Cairoli (PSD) confirmou presença como representante do governo estadual no evento.